Quarta edição do Dia de Doar mobilizou ONGs, empresas e indivíduos em todo país

DDD_REDESSOCIAIS7-002No dia 29 de novembro o Brasil se mobilizou para fortalecer a atuação de organizações sociais e incentivar a participação da sociedade na construção de um país com mais equidade. Neste dia foi realizada a quarta edição do Dia de Doar, um movimento mundial que incentiva a solidariedade e a promoção da cultura de doação. Organizações sociais que atuam em diversas áreas receberam doações.

“O Dia de Doar é mais uma oportunidade para estimular doações, e quem sabe fazer o Brasil subir mais no ranking mundial de solidariedade, medido pelo World Giving Index”, afirma Paula Fabiani, diretora presidente do IDIS. Segundo o Word Giving Index (Índice Mundial da Solidariedade) deste ano, os brasileiros subiram 37 posições no ranking da doação, saindo da 105º para a 68º.

Apesar da melhora, ainda existe muito espaço para evoluir, como apontou a Pesquisa Doação Brasil – estudo liderado pelo IDIS em parceria com diversas organizações sociais. “A pesquisa apontou que, em 2015, 46% dos brasileiros fizeram doações em dinheiro para ONGs, totalizando R$ 13,7 bilhões. O número parece alto, mas representa somente 0,23% do PIB, enquanto em outros países, as doações passam de 1% do PIB.”, completa Paula.

O Dia de Doar é é divulgado pelo Movimento por uma Cultura de Doação, uma coalizão de organizações e indivíduos que promovem a cultura de doação no país, do qual o IDIS faz parte. O Dia de Doar contou com 1 mil parceiros em 2016, entre ONGs, empresas e indivíduos. A campanha é parte de um movimento que surgiu em 2012 nos EUA, com o nome Giving Tuesday, em contraponto ao consumo excessivo do Black Friday. No Brasil, a primeira edição da campanha foi realizada em 2013, e desde 2014 o país faz parte oficialmente da edição global do Giving Tuesday.

Saiba mais: www.diadedoar.org.br