Crianças transformam o bairro do Glicério, em São Paulo

Será que criança entende de espaço urbano? E de políticas públicas? O negócio social Criacidade acredita que as crianças têm muito a dizer sobre esses temas e muitos outros. Baseado nessa convicção foi criado o projeto ‘Criança Fala’, que deu voz às crianças do bairro do Glicério, em São Paulo, para expressassem sua opinião sobre o seu entorno e o que ele oferece de possibilidades para os pequenos moradores. Para isso, foi usada a metodologia da escuta e do brincar visando transformar, ocupar e ressignificar o espaço público do Glicério.

No ano passado, o IDIS foi convidado a avaliar seu impacto sobre as crianças, as famílias e os profissionais dos equipamentos públicos envolvidos (assistência social, educação e saúde) no projeto. A avaliação consultou 40 crianças, adultos de 41 famílias e 36 profissionais, que participaram de grupos focais, entrevistas e questionários.

Entre os impactos do projeto, o maior destaque é que 85% das crianças sentem que fizeram algo que melhorou o bairro. Elas também passaram a ser mais consideradas: 74% dos profissionais afirmaram levar a opinião infantil mais a sério. “Muito se valorizou o ouvir das crianças. Tanto no pedagógico quanto no entorno, passamos a valorizar a criança” afirmou uma das professoras participantes.

Considerando que o objetivo do ‘Criança Fala’ foi tornar a criança protagonista no fortalecimento dos vínculos afetivos e da participação comunitária, através da ressignificação do espaço que ela ocupa, a avaliação concluiu que a iniciativa colaborou para o resultado de longo prazo que a Criacidade busca alcançar no Glicério.

Houve, porém, a constatação de que a mobilização dos moradores, quando se trata da construção de um melhor ambiente para as crianças do bairro, ainda depende da presença dos profissionais do Criacidade. Esse fato é um desafio na busca da sustentabilidade dos resultados, mas ações lideradas por instituições locais são bons indicativos de que é possível ter continuidade nas mudanças, mesmo depois do término do trabalho da Criacidade.

O projeto ‘Criança Fala’ é realizado desde 2013 e já envolveu cerca de 1.200 crianças moradoras do bairro do Glicério. Entre as atividades oferecidas estão cortejo de Maracatu, intervenções e ocupações no espaço público, encontros formativos com as crianças, suas famílias e profissionais de Educação, Saúde e Assistência Social.

Mais crianças brincando nos espaços públicos

Como parte integrante do Criança Fala, nasceu o projeto Cidade que Brinca com o objetivo de transformar espaço públicos em áreas mais adequadas às atividades infantis com o auxílio das próprias crianças. A iniciativa realizou três ações de mutirão no Glicério para a transformação de espaços. Um deles foi denominado ‘Vilinha’’ que se consolidou como um lugar de brincadeiras para quando as crianças voltam da aula. “Hoje tem muito lugar para brincar” declarou uma criança participante do grupo focal.

“O que mais aprendi com as crianças é que a beleza está nas pequenas coisas e que ações simples podem ter grande impacto trazendo grandes mudanças. Escutar as crianças é aprender a ver as sutilezas e bonitezas da vida que criam respiros poéticos pela cidade. É estar e ser consigo e com o outro”, relata Nayana Brettas, fundadora da Criacidade e coordenadora do Projeto Criança Fala.