IDIS participa do encontro de Colaboração Internacional da Global Alliance

CAF UK 2017Sair caminhando pelas ruas de Londres em busca de uma pessoa que nunca tinham visto antes. Essa foi a primeiro tarefa enfrentado por duas colaboradoras da equipe do IDIS, que estiveram na sede da Charities Aid Foundation (CAF), na capital inglesa, para o primeiro encontro de Colaboração Internacional da Global Alliance. Tratava-se de uma espécie de ‘caça de tesouro’ que serviu para que membros dos diferentes escritórios da Global Alliance se encontrassem e se conhecessem para o início de um período de duas semanas de reuniões, atividades e interações, com o objetivo de contribuir para potencializar a ação individual de cada escritório, mas principalmente fomentar o trabalho e a atuação em rede. Além do Brasil e Reino Unido, participaram representantes da África do Sul, Estados Unidos, Índia e Rússia. Juntos, todos esses escritórios formam a Global Alliance. O IDIS, foi representado por Andrea Hanai, gerente de projetos, e Celina Yamanaka, gerente financeira (quarta e quinta na foto, respectivamente).

“O desafio que nos foi colocado logo no início do programa foi definir o que é a Global Alliance, o seu papel e o que todos nós estamos buscamos, qual é o nosso objetivo comum que nos leva a atuar conjuntamente. Uma das atividades realizadas foi um workshop no qual discutimos os grandes desafios mundiais e como os membros da Global Alliance estão preparados para a enfrentá-los”, conta Andrea Hanai.

A CAF é uma organização internacional sem fins lucrativos, com origem no Reino Unido, que trabalha para tornar o investimento social privado mais eficaz. Há alguns anos, criou a Global Alliance, consolidando-se como uma das maiores redes de apoio ao investidor social privado no mundo. A CAF Global Alliance é uma parceria que engloba dois dos principais polos do mundo em filantropia (Reino Unido e Estados Unidos) e quatro dos BRICS, países com economia e filantropia emergentes. Na América Latina é o IDIS que representa a CAF, em uma parceria estabelecida em 2005. Foi a primeira vez que representantes dos níveis gerenciais dos membros da Global Alliance se reuniram para compartilhar experiências, discutir sobre oportunidades e desafios e identificar possibilidades de colaboração mútua.

“Acredito que toda viagem que propicie experiências com outras culturas ou costumes gera crescimento pessoal e profissional. O estágio em Londres abriu oportunidades e portas que antes eu não enxergava. Tivemos a chance de trabalhar com um grupo oriundo de diferentes países, criando um desafio maior de pensarmos uma visão comum. Temos muito o que compartilhar e muito o que aprender, mas sem dúvida ‘somos melhores juntos’ na busca de uma sociedade mais consciente do seu papel na construção do seu próprio bem-estar. ‘Tornar o mundo um lugar melhor’ pode parecer lugar comum, mas é justamente o que todos estávamos buscando, cada um em sua área de atuação, cada um em sua especialidade, cada um em sua realidade”, afirma Celina Yamanaka.

De acordo com o diretor da Global Alliance, Michael Mapstone, o programa de estágio marcou uma nova etapa na colaboração internacional entre todos os membros. “O IDIS, nosso parceiro brasileiro, é líder setorial em investimento social, o lugar certo para qualquer pessoa interessada em garantir que sua filantropia tenha impacto. Sua marca e posicionamento no Brasil são muito influentes e a CAF tem a sorte de tê-lo na Aliança”, relatou.