PT | EN

AMÉRICO MATTAR

Diretor Presidente da Fundação Telefônica Vivo

“Sou casado com a Juliana, minha companheira de jornada, e pai de dois filhos a Isabella e o Lucca, que são a alegria da nossa casa. A minha família devo tudo que conquistei. Formei-me em Engenharia de Produção e Comércio Exterior, posteriormente fiz uma pós-graduação em Gestão de Projetos e me certifiquei Black Belt na metodologia 6 Sigma e também Project Management Professional do PMI. Atuei em diversas áreas de negócio, desde o planejamento estratégico até as áreas operacionais e aprendi que, com esforço, dedicação e integridade, tudo é possível. Uma citação importante é ‘Se você pode sonhar, você pode fazer’ (Walt Disney)”.

 

Ana Moser

Fundadora do Instituto Esporte e Educação

Ana Moser foi uma das maiores jogadoras do vôlei feminino brasileiro e fez parte de uma das mais vitoriosas gerações da modalidade no país. Com uma medalha de bronze olímpica, em Atlanta (1996), e dois títulos de Grand Prix (1994 e 1996), a ex-atleta é exemplo de superação e forte personalidade dentro e fora da quadra. Nascida em Blumenau (SC), em 14 de agosto de 1968, Ana Beatriz Moser começou aos sete anos no esporte e, ainda na categoria Infanto-juvenil foi convocada pela primeira vez para a Seleção Brasileira. Com apenas 19 anos, já era titular entre as adultas e defendeu a camisa do Brasil por três Jogos Olímpicos consecutivos, em Seul (1988), Barcelona (1992) e Atlanta (1996). Ana se despediu das quadras com 31 anos, em 1999, e, dois anos depois, fundou o Instituto Esporte e Educação. A ex-atleta também preside o Atletas pela Brasil e, em 2009, se tornou a quarta brasileira a entrar para o Hall da Fama do Vôlei. Ana Moser foi a vencedora da primeira edição do programa Aprendiz Celebridades, da TV Record.

Ana Santini

Gerente de relacionamento do BNP Paribas

Formada em Administração de Empresas pela Universidade Mackenzie e MBA no Ibmec SP, atua há 20 anos no  mercado financeiro dedicado a gestão de recursos para Investidores Institucionais. Iniciou sua carreira no Lloyds Bank e há mais de 13 anos contribui na equipe comercial da BNP Paribas Asset Management para o relacionamento com Fundações Filantrópicas, Fundos de Pensão e Seguradoras. 

Andrea Hanai

Gerente de projetos do IDIS

Anterior a esta posição, sempre trabalhou na construção e desenvolvimento de relacionamentos, tendo sido Relationship Manager na área de Corporate Banking do Banco Sudameris e do Banco ABN AMRO Real e Corporate & Investment Banker na área de Global Banking & Markets do Banco Santander Brasil. Formada em Economia pela FEA-USP, com MBA em Finanças pelo Insper e Mestrado Internacional em Desenvolvimento Sustentável e Responsabilidade Social pela Escuela de Organización Industrial (EOI) de Madri, onde se especializou em parcerias intersetoriais para o desenvolvimento.

Andrea Wolffenbüttel

Diretora de Comunicação e Relações Institucionais do IDIS

Jornalista, com formação também na área de Análise de Sistemas e especialização em Economia, teve experiência de redação em veículos tais como O Estado de S.Paulo, SBT e CBS News (EUA). Gerenciou o Centro de Informações e Pesquisas da Gazeta Mercantil. Editou a revista Desafios do Desenvolvimento, uma publicação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Coordenou a comunicação e o relacionamento com a imprensa da Secretaria Municipal de Transportes de São Paulo, incluindo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) e a gestora do sistema de transporte público, SPTrans. No terceiro setor, foi gerente de Comunicação e Conteúdo do Instituto Akatu pelo Consumo Consciente e, mais recentemente, da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal.

Carolina de Andrade

Diretora executiva do Social Good Brasil

Mestre em Tecnologia e Gestão da Inovação pela Spru/University of Sussex (Inglaterra) e especialista em Empreendedorismo pela FGV EAESP/BABSON College (EUA). É Diretora Executiva do Social Good Brasil. Foi diretora da aceleradora de negócios sociais Artemisia, onde trabalhou por quatro anos. É fellow lead (leadership for sustainable development), co-fundadora de organizações sociais e +SocialGood Advisor.

Clodoaldo Silva

Atleta paralímpico

Clodoaldo Silva tem 31 anos e conheceu a natação como processo de reabilitação no ano de 1996, em Natal. Antes mesmo de competir nos Jogos de Atenas, o “Tubarão Paralímpico” surpreendia com sua alta performance. Somente em um Mundial, que ocorreu em 2002, na Argentina, Clodoaldo bateu três recordes: nos 50m, 100m e 200m livre. Em 2000, quando disputou sua primeira Paraolimpíada, o nadador ganhou quatro medalhas, sendo três de prata e uma de bronze. Na Paraolimpíada de Atenas, em 2004, o atleta conquistou seis medalhas de ouro e uma de prata nas oito provas em que disputou. Com isso, Clodoaldo Silva entrou para a história da natação paraolímpica brasileira como o maior medalhista da modalidade. Clodoaldo acumula treze medalhas, sendo seis de ouro. Entre as diversas homenagens que recebeu estão o título de embaixador do Pan e do Para pan-americano de 2007, concedido pelo Sistema Firjan e escolha pela Soberana Ordem do Mérito do Empreendedor Juscelino Kubitschek como personalidade esportiva de 2006. Nos Jogos Paraolímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, Clodoaldo foi o escolhido para acender a pira olímpica na cerimônia de abertura.

DENIS MIZNE

Diretor executivo da Fundação Lemann

Advogado formado pela USP, foi aluno visitante na Universidade Columbia e Yale World Fellow na Universidade Yale. Fundou e preside o Conselho do Instituto Sou da Paz. É membro do conselho da Fundação Roberto Marinho e do GIFE – Grupo de Institutos, Fundações e Empresas.

Eduarda Penido Dalla Vecchia

Diretora da FLUPP

Graduada em Biologia pela USJT e em Psicologia pela PUC, é pós-graduada em Administração pela FGV. É Diretora da FLUPP - Fundação Lúcia e Pelerson Penido, fundação familiar cuja missão é contribuir para o desenvolvimento dos indivíduos promovendo oportunidades e restituindo a capacidade de sonhar. A FLUPP apoia e opera projetos de Educação no Vale do Paraíba e no Vale do Araguaia.

EDUARDO GIANNETTI DA FONSECA

Economista e escritor

Economista formado na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA) e em Ciências Sociais pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) ambas da Universidade de São Paulo. Doutorado em economia pela Universidade de Cambridge, onde foi professor entre 1984 e 1987 e de 1988 a 2001. Lecionou na FEA/USP e no Insper. É autor de diversos livros e artigos, tendo ganhado dois prêmios Jabuti: em 1994, com o livro Vícios privados, benefícios públicos? (Cia. das Letras, 1993) e, em 1995, com As partes & o todo (Siciliano, 1995). Seu último livro Trópicos Utópicos foi recém lançado pela Companhia das Letras.

ELIANE TRINDADE

Editora do Empreendedor Social, da Folha de S.Paulo

Graduada em Comunicação Social pela Universidade de Brasília em 1990, fez pós-graduação em Ciências Políticas na Universidade de Pisa (Itália) em 1993. Trabalhou nas revistas IstoÉ, Época, Marie Claire, IstoÉ Gente e Revista da Folha. Atualmente, é editora do Prêmio Empreendedor Social, uma parceria da Folha de S. Paulo e da Fundação Schwab, e também titular da coluna Rede Social. Em 2002, venceu o prêmio Ayrton Senna de Jornalismo com a reportagem “O que Eles Vão Ser Quando Crescer”. Em 2005, lançou o livro-reportagem “As Meninas da Esquina” (ed. Record), em que reuniu os diários de seis meninas vítimas de exploração sexual no Brasil. A obra inspirou o filme “Sonhos Roubados” (2009), dirigido por Sandra Werneck e protagonizado pela atriz Nanda Costa.

ELIE HORN

Presidente do Conselho do Instituto Cyrela

Elie Horn é fundador da Cyrela uma das maiores incorporadoras de imóveis residenciais do país. Presidente do Conselho de Administração, Horn é bacharel em direito pela Universidade Mackenzie. Desde o inicio da companhia em 1962, Horn trilhou sua carreira de forma conservadora e discreta. Seus valores estão amparados em pilares como integridade, respeito, fazer o bem, otimismo e dedicação ao trabalho.  A Cyrela foi pioneira no setor imobiliário ao abrir capital, em setembro de 2005. Outros fatos mostram a inovação da empresa, e do seu controlador, como a criação da Construtora Cyrela em 1981, da Facilities, marca para gestão de serviços exclusivos para propriedades Cyrela em 2006, da CCP (Cyrela Commercial Properties) empresa focada em imóveis comerciais para locação, e a criação da Living em 2007, empresa dedicada em imóveis de médio padrão.

Felix Prieto

Chefe de operações do BID no Brasil 

Felix Prieto é advogado, com mestrado em contratos internacionais pela American University, DE Washington – DC, e especializações em Direito Comercial e Corporativo. Tem 16 anos de experiência em bancos multilaterais. No Banco Mundial, como especialista em aquisições para México e Colômbia, liderou os processos de reformas dos sistemas de aquisições para ambos os países. No BID, foi Coordenador Técnico da equipe de aquisições em Washington. Desde julho passado é o Chefe de Operações do BID no Brasil com responsabilidade sobre as operações que o Banco financia em níveis Federal, Estadual e Municipal. Em sua experiência prévia em Bancos Multilaterais, Felix esteve vinculado ao setor público e privado na Colômbia e teve, igualmente, uma longa trajetória como professor universitário.

Fernanda Camargo

Sócia fundadora da Wright Capital Wealth Management 

Tem 22 anos de experiência no mercado financeiro, 12 dos quais em Gestão de Patrimônio. É a idealizadora e sócia fundadora da Wright Capital Wealth Management. Até 2014 foi sócia da Vinci Partners na área de Gestão de Patrimônio. De 2003 a 2010 foi sócia da Gávea Arsenal Gestão de Patrimônio. Trabalhou na área de Global Markets do Standard Bank de 2001 a 2002. De 1995 a 2001 foi responsável pela distribuição de produtos de Capital Markets, tesouraria e produtos estruturados para empresas e institucionais no Deutsche Bank. Trabalhou no Private Bank da Merrill Lynch em São Francisco, Califórnia de 1994 a 1995. Fundou o Instituto LiveWright- uma OSCIP dedicada a gestão de esporte olímpico no Brasil. É membro do Conselho da ONG Atletas pelo Brasil. Cursou Economia na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC) e tem cursos de extensão em Corporate Finance na University of California, Berkeley.

FERNANDO AMIKY ASSAD

Fundador do Programa Vivenda

Fernando é um entusiasta em processos de inovação social. Após se envolver em processos de urbanização de favelas no Estado de São Paulo, notou a oportunidade e a necessidade de se pensar formas alternativas de melhorar a qualidade de vida dos cerca de 40 milhões de brasileiros que hoje vivem em moradias inadequadas. Dessa forma, junto a dois outros sócios, fundou o Programa Vivenda, um negócio social que realiza reformas de baixa complexidade e alto impacto social, focado em promover a melhoria da saúde da população de baixa renda. Fernando é graduado e mestre em administração de empresas pela Universidade de São Paulo, membro da rede de Responsible Leaders da Fundação BMW, Fellow Ashoka, e vencedor do Prêmio Empreendedor Social de Futuro 2015.

Gabriela Szprinc

Head da área de Pequenas e Médias Empresas e de Organizações Não Governamentais do PayPal Brasil 
 

Gabriela Szprinc lidera a área de Pequenas e Médias Empresas e de Organizações Não Governamentais no Brasil. É responsável pelo planejamento da estratégia que visa aumentar a presença do PayPal em ambos os segmentos. No caso das Pequenas e Médias Empresas, o setor é fundamental para ampliar a presença do PayPal Brasil no e-commerce local. A executiva traz a experiência de quem se dedicou 17 anos ao setor financeiro, com passagens pela Fininvest, ABN-AMRO Real Bank, Citibank, e Santander. Nesta última instituição, ocupou as áreas de produtos e marketing na financeira e produtos no varejo. Gabriela também coordenou projetos que compreendiam grupos multifuncionais com o objetivo de implementar soluções ponta a ponta e integrações. Graduada em Economia pelo IBMEC (Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais) e com um MBA em marketing na mesma instituição, Gabriela tem interesse especial pela área de Inovação Social.

HENRIQUE UBRIG

Presidente do Conselho do IDIS

É sócio e presidente da Terasol Energy. Fundador da Heliagro Agricultura e Pecuária Ltda, tem mais de 20 anos de experiência em negócios internacionais em grande e diversificada empresa industrial (DuPont). Membro dos conselhos (setor industrial) do Grupo Artecola, Grupo Lwart e Usina Coruripe.

HENRY TIMMS

Diretor executivo da organização 92Y

Henry Timms é diretor executivo do centro comunitário 92nd Street Y, em Nova Iorque, e criador da campanha global #GivingTuesday presente hoje em cerca de 80 países. No Brasil a campanha recebeu o nome #DiadeDoar e em 2016 será realizada no dia 29 de novembro. O objetivo da campanha é promover a cultura de doação. Também co-fundou o Social Good Summit, encontro realizado anualmente na semana das Nações Unidas, em Nova Iorque, e que reúne inovadores de mais de 120 países. Atualmente há encontros simultâneos em todo o mundo, inclusive no Brasil. Liderou o time que desenvolveu a ‘MOOC’ (em inglês, massive open online course) Como mudar o mundo oferecido pela Wesleyan University do qual participaram 51 mil estudantes no primeiro ano. É membro do corpo docente da GovLab Academy e da Rede de Conselhos da Agenda Global do Fórum Econômico Mundial e participa de diversas comissões filantrópicas. 

Iara Rolnik

Gerente de conhecimento do GIFE

Socióloga pela Universidade de São Paulo (USP) e mestre em demografia no Núcleo de Estudos da População (NEPO) da Unicamp. Atuou como pesquisadora e consultora em projetos internacionais junto ao IRD Institute de Recherche pour le Dévelopement (França), Università IUAV di Venezia (Itália) e nacionais, entre eles a recente consultoria PNUD para desenvolvimento da publicação “Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil” junto à Secretaria-Geral da Presidência da República. Como gerente de conhecimento do GIFE coordenou pesquisas e projetos recentes como “Alinhamento entre investimento social e o negócio”, Censo GIFE, Painel GIFE de Transparência, Indicadores GIFE de Governança, entre outros. Integra também o conselho da Casa do Povo. 

Inês Kisil Miskalo

Gerente executiva da área de Gestão de Políticas de Aprendizagem do Instituto Ayrton Senna

Ocupou cargos de docência e de gestão de escola e de rede na Secretaria de Estado de Educação do Estado de São Paulo. Sua vivência profissional na secretaria permitiu a ampliação de conhecimentos para além do campo pedagógico, como teorias de aprendizagem, metodologia e didática, e possibilitou direcionar sua carreira para o campo da gestão educacional pelo viés da política pública. Sua função como líder de área no Instituto Ayrton Senna uniu experiência e conhecimentos para o desenvolvimento, implantação e execução de ferramentas gerenciais, com destaque para o Sistema de Informações Instituto Ayrton Senna (SIASI) e soluções centradas na formação de profissionais com vista à sua atuação como gestores de processos, com prioridade para o desenvolvimento de competências técnicas e pessoais.

ISABELA PASCOAL BECKER

Diretora executiva da Fundação Educar DPaschoal
Isa é diretora executiva da Fundação Educar DPaschoal, desde 2007. Formada em comunicação pela ESPM e pós-graduada em Comércio Exterior pela Fundação Dom Cabral e em Administração pela Harvard University. Atualmente, é uma das sócias efetivas do Todos Pela Educação, conselheira da Junior Achievement São Paulo e faz parte do conselho de governança da Daterra Coffee, considerada a fazenda mais sustentável do Brasil.

JANE WALES

CEO do Global Philanthropy Forum e vice-presidente do Instituto Aspen

Jane Wales é CEO do Global Philanthropy Forum e do Conselho de Assuntos Mundiais; vice-presidente do Instituto Aspen e âncora do programa de rádio Temas Mundiais, transmitido pela National Public Radio (EUA). Anteriormente durante o mandato do Presidente Bill Clinton, Wales foi Assistente Especial do Presidente e Diretora-sênior do Conselho Nacional de Segurança. Simultaneamente, ela também foi diretora associada do Escritório de Ciência e Tecnologia da Casa Branca. Seu escritório era responsável pelo avanço do desenvolvimento da economia sustentável através da cooperação entre a ciência e a tecnologia e pelo desenvolvimento de políticas para manter segurança no desenvolvimento de materiais de armas na antiga União Soviética. Durante o mandato do Presidente Carter, Wales foi deputada assistente do Secretário de Estado. Na área filantrópica, Wales presidiu os programas internacionais de segurança na Carnegie Corporation of New York e na W. Alton Jones Foundation. Ela dirigiu o Projeto de Segurança Internacional na Rockefeller Brothers Fund. Entre 2007 e 2008, ela foi a CEO ativa do The Elders, presidiado pelo Arcebispo Desmond Tutu e fundada por Nelson Mandela. Em 2008, Wales também presidiu a Poverty Alleviation Track para a Iniciativa Global Clinton.

JOÃO BEZERRA RODRIGUES JUNIOR

Gerente de parcerias estratégicas e de modelagem de programas e projetos sociais da Fundação Banco do Brasil

Bacharel em Turismo pela Universidade Católica de Pernambuco, pós-graduado em Administração e Gestão de Pessoas pela Universidade Federal de Pernambuco e Mestre em Gestão Social e Trabalho pela Universidade de Brasília (UnB). Trabalhou nas Diretorias de Responsabilidade Socioambiental e de Gestão de Pessoas do Banco do Brasil. Em 2006, ingressou na Fundação Banco do Brasil onde se especializou em monitoramento e avaliação de impacto de programas e projetos sociais. Atualmente, é gerente de parcerias estratégicas e de modelagem de programas e projetos sociais.

João Paulo Vergueiro

Diretor executivo da ABCR

João Paulo Vergueiro, administrador e mestre em administração pela FGV-SP, e bacharel em Direito, pela USP. Diretor executivo da ABCR - Associação Brasileira de Captadores de Recursos, e professor de responsabilidade social corporativa na FECAP. Coordenador do Grupo de Excelência de Administração do Terceiro Setor, do Conselho Regional de Administração de São Paulo.

JOSÉ GUIMARÃES MONFORTE

Conselheiro do IDIS

Economista formado pela Universidade Católica de Santos. É sócio da Emax Consultoria, membro do Conselho Consultivo da Escola Britânica de Artes Criativas, Presidente os Conselhos Consultivos da Premix e do Instituto Elos. É membro do Painel do Comitê de Aquisições e Fusões - CAF, membro do Comitê de Governança Empresas Estatais da BM&F Bovespa, membro do Conselho Editorial da Harvard Business Review Brasil. Participou do desenvolvimento do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa, sendo Conselheiro em 2002, Vice-Presidente do Conselho em 2003 e Presidente do Conselho de 2004 a 2008. Atuou como executivo em diversos bancos e empresas como BANESPA, Banco Merrill Lynch, Banco Citibank NA, VBC Energia S/A e Janos Comércio, Administração e Participações LTDA, ocupando posições no Brasil e no exterior.

Leonardo Letelier

Fundador e CEO da SITAWI Finanças do Bem

Leonardo Letelier é fundador e CEO da SITAWI Finanças do Bem e faz parte da Diretoria Executiva da Força Tarefa Brasileira de Finanças Sociais. Foi diretor da iniciativa Cidadania Econômica para Todos na Ashoka e trabalhou na McKinsey por 8 anos, onde apoiava clientes, principalmente das áreas de telecomunicações e energia, em seus desafios estratégicos e operacionais. Previamente teve experiência com derivativos e no CADE, agência anti-trust brasileira. Foi eleito Senior Fellow Synergos e Young Global Leader BMW Foundation. MBA pela Harvard Business School. Engenheiro de Produção pela USP.

LINDA MURASAWA

Superintendente Executiva de Soluções para Sustentabilidade do Banco Santander

É formada em Computação pelo ITA, com pós-graduação em Gestão Empresarial no IMT, com especializações em Marketing, Vendas e Gestão da Inovação. Com experiência nacional e internacional em área de Projetos Industriais, Produtos Financeiros, Mercado de Capitais e Sustentabilidade. Exerce também a Diretoria Adjunta Setorial da Febraban e Conselheira Deliberativa do Associação Corredor Ecológico do Vale do Paraíba.

LUCIANE FERNANDES GORGULHO

Chefe do Departamento de Economia da Cultura do BNDES
Luciane Gorgulho é Chefe do Departamento de Economia da Cultura do BNDES desde 2006, departamento criado para estruturação e operação de novos instrumentos financeiros para todo o setor cultural, por meio do qual o BNDES estimula o desenvolvimento de novos modelos de sustentabilidade das instituições, tais como endowments. Economista pela UFRJ, com Mestrado em Economia Industrial pela mesma instituição e MBA Executivo pela COPPEAD. Ingressou no BNDES por concurso em 1992, onde atuou na capitalização de empresas nascentes e emergentes de base tecnológica por meio de venture capital e fundos de investimento. Cedida à Finep de 2000 a 2003, participou da estruturação do Projeto Inovar, projeto pioneiro voltado para a capitalização de empresas inovadoras.

 

Marcel Fukayama

Co-fundador do Sistema B Brasil

É empreendedor social. Co-fundador do Sistema B Brasil e Din4mo e empreendedor cívico RAPS. Está envolvido em iniciativas de nova economia e educação. Tem como objetivo usar a força dos negócios para resolver problemas sociais. Mestrando em Administração Pública pela LSE.

Marcelo Bicalho Behar

Diretor de Assuntos Corporativos da Natura

Marcelo Behar é sociólogo e advogado, graduado em Ciências Sociais e em Direito, ambos pela Universidade de São Paulo. Trabalhou em 2000 como jornalista do Caderno Mundo do jornal Folha de São Paulo. Foi assessor especial e chefe-de-gabinete do Ministro da Justiça de 2003 a 2007. De 2007 a 2009 foi Secretário-Executivo da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República. Em 2009 exerceu a advocacia e, no mesmo ano, assumiu a Diretoria Corporativa de Relações Institucionais da Companhia Siderúrgica Nacional, posição que ocupou até outubro de 2013. Desde novembro de 2013 é Diretor de Assuntos Corporativos da Natura.

MARCOS KISIL

Consultor Estratégico e Fundador do IDIS

É consultor estratégico e fundador do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social - IDIS. Anteriormente, atuou como diretor regional para a América Latina e Caribe na Fundação W.K. Kellogg. Médico formado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, dedicou-se ao campo da administração de saúde, tendo-se doutorado em Administração pela George Washington University, Washington-DC, EUA. Atualmente é professor titular da Faculdade de Saúde Pública da USP e membro dos Conselhos da Resource Alliance e da SAVE Brasil. Marcos Kisil é autor dos livros “Comunidade: Foco de Filantropia” e “Investimento Social Privado e Tendências do Investimento Social na América Latina”.

Marina Pechlivanis

Sócia-fundadora da Umbigo do Mundo 

Sócia-fundadora da Umbigo do Mundo, agência de comunicação estratégica criada em 1999. Sócia da UDM&Co. Projetos para Comunicação Eficiente, consultoria para negócios alicerçada em relações de troca. Mestra em Comunicação e Práticas de Consumo pela Escola Superior de Propaganda e Marketing. Criou as metodologias Gifting&Rituals Map® e Dádivas de Marca®/The Gift of a Brand®. Sobre Gifting®, conceito que cunhou, mais de 250 palestras e workshops realizados (Brasil, França, Itália, EUA, Argentina). Professora do Curso Gifting® na ESPM, e de Planejamento de Comunicação e Percepção de Luxo no IED. Colunista de diversas publicações no universo da comunicação e autora dos livros ECONOMIA DAS DÁDIVAS (AltaBooks, 2016) e GIFTING (Campus Elsevier, 2009), entre outros 20 títulos. Publicitária com 25 anos de vivência em planejamento, criação e novos negócios, divulgando práticas sustentáveis (sociedade, economia, ecologia) integradas ao discurso proprietário das marcas para gerar resultados eficientes em vendas, posicionamento e clima corporativo.

 

OSMAR TERRA

Ministro do Desenvolvimento Social e Agrário

Osmar Gasparini Terra, 66 anos, assumiu o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA) no dia 13 de maio de 2016. Nascido na cidade de Porto Alegre, o gaúcho foi escolhido pelo presidente em exercício Michel Temer para comandar uma das pastas mais importantes da área social do governo federal. Formado em medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Osmar Gasparini Terra se especializou em Saúde Perinatal, Educação e Desenvolvimento do Bebê na Universidade de Brasília (UNB). Na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) concluiu o mestrado em Neurociência. Terra ingressou no Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) em 1986. Foi eleito prefeito da cidade de Santa Rosa (RS), em 1992. Como suplente na Câmara Federal, ocupou a cadeira de deputado de 2001 até 2003. Em 2007, foi eleito deputado federal pelo Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre (RS), Osmar Terra foi superintendente do Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social (Inamps), de 1986 a 1988, durante a implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) no estado. Trabalhou como secretário estadual de Saúde do Rio Grande do Sul, no período de 2003 a 2010. Foi nesse período que arquitetou e implementou o Programa Primeira Infância Melhor (PIM), que se tornou em política pública estadual em 2006. Foi secretário executivo do Programa Nacional Comunidade Solidária, de 1999 a 2001. Atualmente, Terra está no quinto mandato como deputado federal pelo PMDB. A primeira infância é uma de suas principais bandeiras. Em sua atuação no Congresso Nacional, Osmar Terra foi autor da lei 13.257/2016, que instituiu o Marco Legal da Primeira Infância. No Ministério, ele irá cuidar de programas como o Bolsa Família e financiamentos direcionados à agricultura familiar.

PAULA FABIANI

Diretora-Presidente do IDIS

Anterior a esta posição, foi diretora financeira da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e controller do Instituto Akatu. Trabalhou no braço de Private Equity do Grupo Votorantim e em uma das empresas investidas. Atuou no BankBoston nas áreas de asset management e M&A, e no Lloyds Bank em trade finance. Autora dos livros Fundos Patrimoniais, Criação e Gestão no Brasil e Primeira Infância – Panorama, Análise e Prática. É economista formada pela FEA-USP, com MBA pela Stern School of Business – New York University, especialização em Endowment Asset Management na London Business School e Yale, e Gestão de Organizações do Terceiro Setor na FGV. Faz parte dos Empreendedores Cívicos da RAPS, membro do Conselho da Captamos e é membro do Conselho da Escola Aberta do Terceiro Setor.

Paulo Bellotti

Diretor executivo da MOV Investimentos

Sócio co-fundador e diretor executivo da MOV Investimentos, onde trabalha com os temas de energia renovável; habitação e direitos de propriedade; educação; reciclagem; e florestas e biodiversidade. É formado em engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e possui mestrado em Inovação e Políticas Públicas pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT). 

RAÍ SOUZA VIEIRA DE OLIVEIRA

Presidente do Conselho da Fundação Gol de Letra

Raí Souza Vieira de Oliveira é campeão do mundo pela seleção brasileira na Copa de 1994. Fundador e presidente do conselho da Fundação Gol de Letra, organização da sociedade civil sem fins lucrativos, reconhecida pela UNESCO como modelo mundial no apoio às crianças em situação de vulnerabilidade social. É também diretor da Atletas pelo Brasil e sócio-diretor da Raí+Velasco.

(fotos: Jairo Goldflus)

RAQUEL COIMBRA

Diretora de Projetos do IDIS

É diretora de projetos do IDIS desde abril de 2011. Foi diretora executiva da Associação Casa Azul e gestora de projetos no ILANUD (Instituto Latino Americano das Nações Unidas Para Prevenção do Delito e Tratamento do Delinquente) e na Secretaria do Verde e do Meio Ambiente da Prefeitura de São Paulo. Atuou como advogada na área de Direito Civil e societário em escritório no Brasil e no exterior. É formada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), é Mestre em Direitos Sociais pela faculdade de Direito da PUC-SP e especialista em Direito do Terceiro Setor pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Renata Truzzi

Diretora executiva da NESsT

Renata Truzzi é Diretora Executiva e é responsável por administrar o portfólio de negócios sociais da NESsT no Brasil e seus investimentos, e por desenvolver atividades para o fortalecimento do setor. Renata é também membro do Comitê executivo da ANDE no Brasil, do Conselho consultivo da Retalhar e do Conselho da Captamos. Renata acumula uma vasta experiência de mais de 18 anos em gestão, desenvolvimento de negócios sociais, captação de recursos, marketing e comunicação, trabalhando em algumas das principais organizações sem fins lucrativos no Brasil – Doutores da Alegria, Projeto Guri e ImageMagica. Tem formação em Administração de Empresas e especialização em Administração de organizações sem fins lucrativos, Comunicação jornalística, Marketing Direto e Gestão de Investimentos. 

Ricardo Levisky

Sócio fundador da Levisky Negócios & Cultura 

Ricardo atuou como Diretor de Marketing e Negócios da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – OSESP e Sala São Paulo, tendo participado da estruturação e consolidação desta Instituição no período entre os anos de 2001 e 2005. Em 2006, Ricardo assumiu a Direção de Negócios da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira e alcançou a maior captação de recursos já registrada no cenário cultural brasileiro, possibilitando à instituição a retomada de suas atividades em nível de excelência artística nos anos seguintes. Ricardo Levisky é bacharel em Publicidade e Propaganda pela Fundação Armando Álvares Penteado – FAAP e em Licenciatura em Música pela Universidade de São Paulo – USP. Tem participado das principais conferências nacionais e internacionais de Businness e Gestão Cultural. Em 2012, Ricardo Levisky assumiu a Superintendência Geral da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, atuando na gestão da instituição até início de 2014, quando ampliou o escopo de sua atuação no mercado com a LEVISKY Negócios & Cultura, agência de negócios que atua na sustentabilidade financeira de longo prazo com captação de recursos para Instituições Culturais perenes. Representou até 2015 a Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira e entre as instituições que representa atualmente estão o Museu de Arte do Rio, a Fundação Theatro Municipal de São Paulo e Museu Judaico de São Paulo. Em 2016, idealizou o I Fórum Internacional de Endowments Culturais em que é curador e presidente.

Rodolfo Pinotti

Diretor de Operações da Trackmob 

Atualmente COO na Trackmob, Rodolfo é empreendedor serial, fundando 4 startups no campo da tecnologia onde aplicou conceitos de gestão, finanças, estratégia e metodologias desenhadas para startups early-stage. Trabalhou previamente em fundos de investimentos e é graduado pela FGV/Regent's University London. 

Ruth Goldberg

Diretora executiva da Fundação Arymax 

Ruth Goldberg é diretora executiva da Fundação Arymax e integra a Comissão de Sustentabilidade do IBGC. Atua no setor social brasileiro há mais de 20 anos, tendo participado da criação do Instituto PNBE, do Instituto São Paulo Contra a Violência, do Instituto ETHOS, da estratégia de voluntariado empresarial da Comunidade Solidária e apoiou a criação de programas de voluntariado e estratégias de sustentabilidade para várias empresas brasileiras. É diretora voluntária da CONIB.

 

Sérgio Andrade

Diretor executivo da Agenda Pública

Fundador e Diretor Executivo da Agenda Pública e da Escola de Políticas Públicas. Mestrado em Gestão e Políticas Públicas (FGV/EAESP). Cientista Social pela USP, especialista em Negociações Internacionais pela UNESP. Possui 15 anos de experiência na área governamental e no setor privado, incluindo trabalhos para organizações como Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão; Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República; Secretaria Geral da Presidência; Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento; Controladoria Geral da União; Ministério de Minas e Energia; Secretaria do Tesouro Nacional; Ministério da Educação; Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia; Embaixada do Reino Unido; Frente Nacional de Prefeitos (FNP), além de várias prefeituras em todo o país. Recebeu o prêmio de Empreendedor Social 2015, concedido pela Folha de S. Paulo em parceria com a Fundação Schwab, instituição que, junto ao Fórum Econômico Mundial, lhe concedeu igualmente com o Prêmio Empreendedor Social 2016, tendo sido o único latino-americano entre os 12 líderes de impacto do ano.

SÉRGIO LAZZARINI

Professor de Administração do Insper

É Professor Titular do Insper e Ph.D. em Administração (nas áreas de Organização e Estratégia) pela John M. Olin School of Business, Washington University. Foi professor visitante na Harvard University em 2010 e em 2012. É autor dos livros Capitalismo de Laços, publicado em 2011, e Reinventing State Capitalism: Leviathanin Business, Brazil and Beyond, em co-autoria com Aldo Musacchio e lançado nos Estados Unidos no início de 2014. Produz pesquisas sobre estratégias empresariais em mercados emergentes e relações entre empresas privadas e setor público. Recentemente, tem trabalhado em parceria com diversas empresas e organizações sem fins lucrativos para disseminar os chamados investimentos de impacto, que buscam resultado social mensurável além de retorno financeiro.

Sofia Rebehy

Trainee em projetos de investimento social no IDIS

Sofia Rebehy é trainee em projetos de investimento social. Graduada em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG), realizou intercâmbio na Universidade Paris Sorbonne. Fez mestrado profissional em Expertise econômica em políticas e projetos de desenvolvimento no Institut d’Etude du Développement Economique et Social (IEDES) da Universidade Paris 1 Panthéon-Sorbonne.

Suzy Horn

Filantropa

Chilena, interrompeu o curso de medicina para se casar com Elie Horn, o fundador da Cyrela e teve importante papel no desenvolvimento da empresa. Suzy sempre se dedicou a cuidar da família e à filantropia. É parceira do marido em todos as ações de investimento social, inclusive signatária do Giving Pledge, no qual se comprometeu a doar, em vida, 60% de sua fortuna para a filantropia. 

Tatiana Piva

Fundadora do Instituto Geração

Formada em administração pela EAESP/FGV e trabalhou no IDIS – Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social – onde ajudou a estruturar o departamento de Investimento Social familiar, e apoiou famílias na estruturação de suas doações. Depois, decidiu experimentar fazer parte do negócio da sua família como gerente de marketing e novos negócios na Expand. Se tornou referência para amigos que queriam se aproximar da área social. E foi assim que se reuniu à amiga Daniela para criar o Instituto Geração. Desde então, trabalha para que as pessoas estejam mais inteiras no mundo, colocando seu melhor a serviço de todos.

TED HART

CEO da Charities Aid Foundation EUA

Ted Hart tem uma experiência extensa em filantropia online e global. Internacionalmente reconhecido como palestrante e consultor de tópicos relacionados a organizações sem fins lucrativos, É um expert em desenvolvimento de conselhos e práticas voluntárias,  em meios online e off-line. Antes de se tornar membro da CAF EUA, TED era CEO da Hart Philanthropic Services, uma consultoria internacional que fornece soluções estratégicas para grandes organizações sem fins lucrativos. É co- autor do livro “People to People Fundraising: Social Networking” e “Web 2.0 for Charities” e foi essencial na criação do People to People Fundraising, movimento de arrecadação online criado para dar aos doadores a chance de participar no sucesso da organização social além do envolvimento online. Ted também foi líder na International Philanthropy Foundation. Recentemente, Ted recebeu o Certificado Chartered Advisor in Philanthrophy e também o Advanced Certified Fundraising Executive (ACFRE).