Curso de Mensuração Social repete sucesso do ano passado

Ao longo de dois módulos de oito horas de duração cada, os 37 alunos puderam conhecer a diversidade metodológica em avaliação de impacto social e entender conceitos de duas metodologias: Adicionalidade e SROI (Social Return on Investment).

O primeiro módulo conceituou o processo de avaliação de impacto, apresentou metodologias existentes e aprofundou-se na metodologia com base em Adicionalidade. As aulas foram conduzidas pelo diretor da cátedra do Instituto Ayrton Senna (IAS) no Insper, Ricardo Paes de Barros, pelo coordenador do Centro de Políticas Públicas do Insper, Naercio Menezes Filho, e pelo coordenador do Insper Metricis, Sérgio Lazzarini.

No segundo dia, a diretora-presidente do IDIS, Paula Fabiani, ministrou aula sobre o SROI, uma ferramenta trazida para o Brasil pelo IDIS e que faz uma avaliação completa dos impactos sociais do projeto sobre todos os envolvidos e permite a monetização desses resultados. Para ajudar no entendimento da metodologia, foram apresentados os cases de duas avaliações SROI conduzidas pelo IDIS: Programa Infância Ribeirinha (PIR) e Programa Valorizando uma Infância Melhor (VIM) – este último promovido pela Fundação Lucia e Pelerson Penido (FLUPP). Tais estudos apontaram que todo o investimento financeiro realizado se converteu em alto valor social.

“O curso explorou bem a complexidade de criar medidas objetivas para impactos que muitas vezes são intangíveis e, embora facilmente percebíveis, tornam-se difíceis de quantificar. Os exercícios práticos ajudaram a entender de forma concreta os desafios, os possíveis métodos a serem aplicados e como minimizar os riscos de enviesar informações”, relatou Raquel Altemani, coordenadora de planejamento do IDIS.

A terceira turma do curso será em 14 e 15 de setembro deste ano. A matrícula pode ser feita no site do Insper (https://www.insper.edu.br/educacao-executiva/cursos-de-curta-duracao/estrategia-e-negocios/mensuracao-de-impacto-social/?gclid=CNGKiZfujdQCFQcGkQodZ1sKxg).