Ciclo de encontros vai mapear o ecossistema filantrópico brasileiro

Aconteceu no dia 31 de junho, em São Paulo, o encontro Diálogos do Setor de Investimento Social Privado e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável no Brasil. A diretora presidente do IDIS, Paula Fabiani, foi a moderadora do painel Investimento Social Privado familiar, inovação e a promoção do Desenvolvimento Sustentável, que contou com palestras do PNUD, Instituto Liberta e Fundação Maria Cecília Souto Vidigal.

Essa foi a primeira de um ciclo de cinco reuniões que estão previstas para o primeiro ano de construção da Plataforma de Filantropia do Brasil. A Plataforma já existe no Quênia, Gana, Zâmbia, Indonésia, Colômbia, Estados Unidos e Índia e incentiva a colaboração entre institutos e fundações empresariais com intuito de ajudar a atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – reduzindo a duplicação de esforços e alavancando novos recursos.

O produto final desses encontros será um mapa do ecossistema filantrópico brasileiro, com a definição dos temas prioritários, regiões e ODS para os investimentos privados e sociais. O público presente era formado por representantes do setor de filantropia e investimento social privado do país – institutos e fundações empresariais; áreas de responsabilidade social empresarial, relacionamento com a comunidade, entre outros.

A iniciativa é do PNUD em conjunto com os parceiros internacionais Rockefeller Philanthropy Advisory e Foundation Center. Além do IDIS, são parceiros nacionais as seguintes organizações: Instituto C&A, Itaú Social, Itaú, Fundação Roberto Marinho, Rede Globo, Fundação Banco do Brasil, Instituto Sabin, GIFE, WINGS e Comunitas.